domingo, 14 de novembro de 2010

Segundo algumas fontes confiáveis 'Hara também é cultura', eeentão, vou postar aqui a poesia que tive que escrever sobre a independência do Peru :D
O tema é MUUUITO divertido e dá muita inspiração, por isso, tirei de letra u.u (ironia detectada)

Leiam e fiquem cultos :D AUHSUAHSU'



Em princípio o Império Inca
Em seguida o domínio espanhol.
Os conquistadores queriam ouro e prata,
Os conquistados cultuavam o sol.

Na batalha de Cajamarca,
Atahualpa pereceu.
Pizarro, cruel e vil,
Cuzco não mereceu.

A encomienda foi estabelecida,
e os nativos a batalha deram por vencida.
De indígenas para catequizados,
Mas o governador Pizarro foi cruelmente assassinado.

Vice-reino de Nova Granada,
Vice-reino do Rio de Prata.
Mandaram um vice-rei,
mas liberdade que é bom nada!

Os Andes doavam o ouro;
os espanhóis tiveram um governo duradouro.
Lima, o centro, enriquecia
o povo, triste, perecia.
Mas alguns ainda tentaram,
em 14 revoltas os nativos lutaram.

No Peru, os criollos, a elite local.
Na Espanha, o império, a ganância real.
Ambos queriam poder,
ambos não iriam ceder.

Então houve um desentendimento,
San Martín se aproveitou do momento.
“Vida longa à independência!”
O Peru estava livre,mas não livre do tormento.

Do poder real, para a elite local,
o mais importante ainda era o capital.
Um etnocídio praticamente ocorreu
e isso não há peruano que esqueceu.


Mando muito, falaê!

Bloom ;*

3 comentários:

  1. UAHSUAHUHS ficou legal! Gostei dimais!

    ResponderExcluir
  2. Cara!Que professor de história mando os alunos fazerem um poema sobre a independência do peru?

    ResponderExcluir